MILITARES TORTURADOS PARA CONFESSAR ROUBO DE ARMAS

13-06-2011 15:28

 

foto



O “desfalque” e roubo das armas de guerra foram descobertos há algum tempo e o caso estava a ser tratado com o maior sigilo, naquela região militar, comandada por Joaquim Tavares. Até à semana passada. Soube-se então que alguns militares foram detidos, suspeitos do “desvio”, e começaram a ser torturados